Endress+Hauser Controle e Automação Ltda.

A história da Endress+Hauser no Brasil teve seu início há mais de 25 anos, com o estabelecimento da companhia em 15 de janeiro de 1982, como evidência do compromisso da Endress+Hauser Holding AG em um mercado local, que apresentou um sólido crescimento em volume e demanda de alta qualidade.

 

Devido à proteção do mercado doméstico, a Endress+Hauser operou por meio de representantes, a saber:

De 1982 a 1991, Brumak Indústria e Comércio Ltda.

De 1991 a 1997, Servotek Analisadores Indústria e Comércio Ltda.

 

Quando em 1991 a Servotek começou a trabalhar com a Endress+Hauser, contou com a colaboração de João Guilherme Speck, Dieter Betz e Ismael Rossati. O Sr. Speck nos traz algumas lembranças daquele tempo: "Nosso principal objetivo naquele ano e no seguinte foi mudar o posicionamento da Endress+Hauser no mercado. Nós introduzimos o conceito de palestras para os clientes e seminários técnicos sem custos, com nossos técnicos e técnicos da matriz, pessoal de vendas dedicado em treinamento e respostas rápidas às solicitações. Com isto nós fizemos com que a Endress+Hauser ficasse bem conhecida no Mercado". 

 Em 1995, a Servotek conseguiu um pedido da Brahma de Campo Grande, na época a maior fábrica de cerveja da América Latina, com produção de 1 milhão de hectolitros

de cerveja por mês, com 100% nas fábricas de cozinha, filtragem, fermentação e envaze. Com o sucesso desta primeira fábrica, as seguintes, de Aracajú e Porto Alegre, tiveram a Endress+Hauser como fornecedor principal de instrumentação de controle de campo, juntamente com o grupo GEA, fornecedor de tecnologias de produção, alcançando um total de 2.200.000 hectolitros de cerveja produzidos com instrumentos Endress+Hauser.

 

Em 1997, Endress+Hauser Group AG e SAMSON AG decidiram fazer uma joint-venture para operarem juntas no mercado brasileiro. O acordo de cooperação unia as capacidades da Samson AG em atuadores e dispositivos de controle com a Endress+Hauser em sensores e controles para processos industriais, oferecendo aos clientes "uma compra integrada" no fornecimento de soluções de controles industriais abrangentes. Esta aproximação única uniu duas companhias líderes nas áreas de medição e automação, oferecendo aos clientes locais uma fonte de fornecimento e responsabilidade. Roberto Vargas, Gerente Geral de 2000 a 2003, nos fala deste período: "Durante todos os anos, a Samson Endress+Hauser Ltda. ganhou presença e reconhecimento no mercado local, por meio de importantes projetos como Wella-Belfam, Votorantim Celulose, BASF Agro, Dow, Monsanto e Copene Braskem, até mesmo alguns deles pioneiros para ambas as companhias".

 

O mercado também reconheceu este desenvolvimento com a eleição por parte dos leitores da revista Controle e Instrumentação, quando a companhia foi premiada em 2000 como fornecedor preferido para posicionadores, e em 2001 e 2002 premiada como líder como fornecedor de soluções.

Esta aproximação única ajudou a desenvolver o mercado, alcançando em 2002 € 6.350.000 em válvulas e instrumentação, inclusive com o Projeto VCP P2000. Este projeto estabeleceu nossa presença no mercado de papel e celulose, consolidando nossa atuação na indústria.

 

Ao longo destes anos, Endress+Hauser conquistou uma importante posição no mercado brasileiro de instrumentação e medição. Com massa crítica suficiente para voar com suas próprias asas, em julho de 2003 a Samson e a Endress+Hauser decidiram estabelecer subsidiárias independentes. Desde então, a Endress+Hauser Controle e Automação é a única subsidiária da companhia Endress+Hauser operando no Brasil.  Carlos Behrends, Gerente Geral, explica: "Agora, com uma estrutura independente, estamos aptos a implementar uma força de aplicação de vendas consistente, capaz de atender às necessidades do consumidor de soluções no fornecimento de pontos de medição. Ênfase na engenharia de aplicações, presença no mercado e know-how marcarão esta nova fase, construída com base na nossa história de sucesso".

No início de 2009 concretizou-se a mudança para um novo escritório comercial, que oferece melhores condições aos colaboradores e visitantes. Ao longo dos últimos anos, a Endress+Hauser consolidou seu crescimento, o que se reflete no número de funcionários, carteira de clientes, base instalada e resultados da empresa!                          A Endress+Hauser Brasil recebeu em 2006 a premiação do grupo Endress+Hauser denominada Service Award, foi reconhecida pelo primeiro funcionário a completar um curso do Masterclass (programa de e-learning da companhia), participa ativamente no convite e encaminhamento de clientes aos seminários internacionais patrocinados pela Endress+Hauser, e em 2010 culminou com o reconhecimento do Centro de Vendas do Brasil com dois prêmios internacionais do grupo Endress+Hauser de grande importância: o Concurso  Mundial de Maior Progresso em Vendas devido ao excelente desempenho nos negócios com a Vale e o Prêmio de Maior Conta Internacional pelos êxitos com a conta da Cargill.

 

Uma trajetória crescente de uma empresa que procura sempre se preparar para os desafios dos mercados atuais em um país de adversidades, mas ao mesmo tempo grandes oportunidades.